Newsletter

O Escritório

A L.E. GUIMARÃES SOCIEDADE DE ADVOGADOS tem em sua bagagem mais de 10 anos de experiência, temos o propósito de assegurar ao cidadão o acesso ao poder judiciário independentemente de sua condição socioeconômica. Nosso escritório foi criado diante de um ideal de responsabilidade social, ética e profissionalismo, e tem em seus colaboradores a extensão de seus ideais. Todas estas qualidades e valores nos levam a otimizar desde o atendimento inicial até a obtenção de resultados satisfatórios para os nossos clientes perante o Poder Judiciário e na via administrativa. Temos como regras básicas de trabalho, para o tratamento com o cliente e atuação perante o Poder Judiciário a nossa missão, visão e valores.

Missão:

Proporcionar ao cidadão acesso ao poder judiciário independentemente de sua condição socioeconômica, a fim de alcançar seus objetivos nos liames da lei e da ética, fazendo valer seus direitos.

Visão:

Ser referência na área jurídica, tornando¬-se um escritório reconhecido pela agilidade, excelência na prestação de serviço, credibilidade e diversidade de atuação.

Valores:

Ética na relação cliente advogado; Agilidade em prover o andamento processual do cliente no mínimo espaço de tempo possível; Responsabilidade social; Clareza no atendimento ao cliente e o mais amplo acesso à informação processual.

Notícias JurídicasFique informado com nossas notícias!

CÍVEL – Criança mandada a abrigo deve ficar com pai registral até decisão final sobre veracidade do registro

15/02/2019 - A Quarta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) concedeu habeas corpus para que uma criança permaneça sob os cuidados do pai registral e de sua companheira até o trânsito em julgado da ação que investiga a...

CÍVEL – Honorários devem seguir regra objetiva; equidade é critério subsidiário

15/02/2019 - A Segunda Seção do Superior Tribunal de Justiça (STJ) confirmou o entendimento de que os honorários advocatícios só podem ser fixados com base na equidade de forma subsidiária, quando não for possível o...

CÍVEL – Despesas de perícia determinada de ofício pelo magistrado devem ser rateadas antecipadamente pelas partes

15/02/2019 - Na vigência do Código de Processo Civil de 2015, as despesas decorrentes de prova pericial determinada de ofício pelo magistrado deverão ser rateadas entre as partes. O entendimento foi aplicado pela Terceira Turma...

CÍVEL – Quarta Turma autoriza penhora de 10% do rendimento líquido de aposentado para quitar honorários advocatícios

15/02/2019 - Os honorários advocatícios possuem natureza alimentar e se enquadram na regra de exceção prevista no parágrafo 2º do artigo 833 do Código de Processo Civil (CPC) de 2015, o que possibilita a penhora de valores...

CÍVEL – Seminário vai discutir políticas judiciárias para segurança pública

14/02/2019 - O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) vai realizar nos próximos dias 25 e 26, no auditório do Superior Tribunal de Justiça (STJ), o seminário Políticas Judiciárias e Segurança Pública. O evento tem por...

CÍVEL – Paraná consegue autorização para continuar obras da Faixa de Infraestrutura no litoral

14/02/2019 - O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), João Otávio de Noronha, deferiu pedido do governo do Paraná e do Instituto Ambiental do Paraná (IAP) para sustar os efeitos de decisão liminar proferida pelo...

Obrigado pela visita! Aproveite e venha nos conhecer...

Av. Benjamin Constant , 1194 - Salas 24 e 25 - Centro
Campinas / SP - CEP 13010-141

Fale Conosco
(19) 3231-8473 / 3386-9800
(19) 98830-0395

Desenvolvido por Jurisite 2017